Valorizando interiores e a entrada de luz natural

Projeto mescla objetos decorativos e obras de arte
10 de fevereiro de 2016
Casa de arquiteto
29 de fevereiro de 2016

Valorizando interiores e a entrada de luz natural

Habitar em um local onde pudessem ter maior contato com a natureza

Com o intuito de habitar em um local onde pudessem ter maior contato com a natureza, os proprietários, um casal com três filhos jovens, adquiriram um terreno amplo, no bairro do Morumbi, localizado em um condomínio cercado por vegetação nativa, considerado uma raridade em uma cidade como São Paulo.

Eles iriam transferir-se de um apartamento para uma casa e desejavam uma morada ampla e confortável. Para projetar o novo imóvel confiaram a responsabilidade à arquiteta Graciela Piñero, conhecida da família por ter ambientado o antigo imóvel.

Com piso calaccata bianco e paredes claras, o living integrado com o hall de entrada banhado de luz natural graças a abertura zenital ficou mais amplo e destaca as portas em madeira.

Com piso calaccata bianco e paredes claras, o living integrado com o hall de entrada banhado de luz natural graças a abertura zenital ficou mais amplo e destaca as portas em madeira.

 

Logo na entrada, o aparador com base de aço inox e tampo de vidro (Interni) e a tela de Eliane Goes recebem os convidados.

Logo na entrada, o aparador com base de aço inox e tampo de vidro (Interni) e a tela de Eliane Goes recebem os convidados.

Em dois pavimentos, a casa em linhas retas e contemporâneas, com 1.000 m2 recebe os visitantes por uma espécie de galeria com iluminação zenital e integra no térreo estar, home theater e sala de jantar por meio de um belíssimo piso de mármore. “Graças à amplitude do terreno foi possível conseguir uma distribuição interna com mobilidade entre os espaços”, a arquiteta explica. Por se tratar de uma área de preservação ambiental, as interferências no meio deveriam ser mínimas.

 

No estar, conforto garantido pelas poltronas giratórias Metropolitan do designer Jeffrey Bernett (B&B Itália), complementadas por mesa de centro e lateral. As amplas aberturas permitem a entrada abundante de iluminação natural e integração com a varanda e a vegetação do entorno. Repare nos brises que protegem do excesso de incidência solar.

No estar, conforto garantido pelas poltronas giratórias Metropolitan do designer Jeffrey Bernett (B&B Itália), complementadas por mesa de centro e lateral. As amplas aberturas permitem a entrada abundante de iluminação natural e integração com a varanda e a vegetação do entorno. Repare nos brises que protegem do excesso de incidência solar.

 

Grandes aberturas conectam o living à varanda, possibilitando que o bosque relacione-se com o interior e potencialize a sensação de contato com a natureza e a entrada abundante de luz, que também acentua o sentido de amplitude.

O mobiliário de design em um jogo de claro e escuro conversam com a parede do jantar em tom terracota. “Queria algo especial, diferenciado, por isso a opção por pintura autoral em tons terrosos, realizada pela artista plástica Eliane Góes”, informa Graciela. No mesmo pavimento, estão o escritório, a sala de lareira, a cozinha e a copa, além das áreas privativas, com as suítes também privilegiadas pela vista do bosque.

 

4_000033

 

10_Sequencia (1)

O canto da lareira recebeu mármore travertino romano bruto que se sobressai pelas cortinas romanas vermelhas e o piso de madeira. O escritório e a área gourmet também seguem tonalidades mais quentes que as outras áreas da casa. Detalhes de vasos com suculentas, sugeridas pelo paisagista Marcelo Novaes.

 

No pavimento inferior, ficam a área de lazer, a piscina com formas orgânicas, o spa, o espaço gourmet e a sauna, contornados pelo rico paisagismo, elaborado pelo paisagista Marcelo Novaes. Em meio às espécies florais e tropicais, o paisagista permeou alguns cantos da residência com cascata e jardim de suculentas, passando frescor ao interior.

Além de visualmente muito bonita, o exterior da residência transformou-se em um verdadeiro convite ao estar e relaxamento, e a contemplação, ou seja, um oásis dentro do centro urbano, pintado pelo azul da piscina.

 

14_000028

 

15_000023

Em contraste com as linhas retas da arquitetura, a piscina ganhou formas orgânicas em sintonia com o paisagismo assinado por Marcelo Novaes e a vegetação nativa.

 

17_000019

 

 

 

Por Nadia Fischer
Fotos Alan Brugier
Matéria Publicada em Revista Decorar 92.

 

Faça o download do app Decorar e tenha acesso à todas as edições!