Puramente dinâmico

Conforto luxuoso
1 de dezembro de 2016
Personalidade intensa!
5 de dezembro de 2016

Puro Movimento

Fernanda Marques imprime estilo de vida jovem casal festeiro com integração e decór inovador

 

O sofá modular da Micasa integra estar e home theater por ser uma peça única, mas também define os ambientes com os assentos em direções opostas separados pelo encosto. Na base neutra, as peças de design se sobressaem, como as poltronas Wing, assinadas por Hans Wegner, a mesa lateral preta Vulcano, de Paola Navone, e as almofadas.

O sofá modular da Micasa integra estar e home theater por ser uma peça única, mas também define os ambientes com os assentos em direções opostas separados pelo encosto. Na base neutra, as peças de design se sobressaem, como as poltronas Wing, assinadas por Hans Wegner, a mesa lateral preta Vulcano, de Paola Navone, e as almofadas.

 

Jovial, descolado, integrado e dinâmico. São essas características que a arquiteta Fernanda Marques deveria obter em seu projeto para o apartamento novo de 210 m², localizado no bairro Panamby, de modo a combinar com a personalidade e o estilo de vida de seus clientes, um jovem casal de jornalistas. Segundo Fernanda, o ponto principal que a guiou nessa proposta de interiores foi promover a convivência permanente e a agilidade no fluxo de informações, tudo para otimizar o cotidiano agitado dos moradores.

 

Para expor livros, quadros e outros objetos colecionados pelos moradores, a estante (Fazzio Marcenaria) foi projetada em dois módulos, um no térreo e outro no mezanino, dando a sensação que é uma peça única. Fitas de LED proporcionam volume ao móvel e iluminam indiretamente os complementos. O mobiliário também acopla a TV para a qual uma parte do sofá é voltada

Para expor livros, quadros e outros objetos colecionados pelos moradores, a estante (Fazzio Marcenaria) foi projetada em dois módulos, um no térreo e outro no mezanino, dando a sensação que é uma peça única. Fitas de LED proporcionam volume ao móvel e iluminam indiretamente os complementos. O mobiliário também acopla a TV para a qual uma parte do sofá é voltada.

 

 

 

 

Para isso, o imóvel com dois pavimentos e pé-direito duplo no social teve boa parte de seus ambientes remodelados. A área do mezanino era a mais importante para o casal, que queria que ela fosse ampliada a ponto de poder receber uma estrutura para pick-up de DJ e ainda sobrar espaço para circulação. Se ainda não ficou evidente, eles adoram dar festas em casa, então era muito importante que a área social fosse bem ampla e integrada, sem nada prejudicando a passagem ou o olhar dos convidados. É por isso, por exemplo, que o guarda-corpo em frente à pick-up é todo de vidro. A sala de jantar e o lavabo foram conectados tanto à cozinha quanto ao acesso para as suítes máster e de hóspedes, facilitando o fluxo por todos os lados.

 

Para interligar os pavimentos, a arquiteta optou por uma escultural escada caracol com laterais brancas e degraus amadeirados, de design leve e minimalista cuja forma dá um ar divertido ao living. Com paredes e armários majoritariamente brancos, o tom predomina por todo o apartamento.

 

A base neutra foi uma solução que permitiu valorizar detalhes específicos e pensados, como móveis de design, e a exposição de peças particulares que refletem o universo pessoal dos clientes, que torna a permanência nos ambientes uma experiência mais íntima.

 

 

 

 

“O projeto foi trabalhado basicamente em torno de volumes bem definidos e contrastes atenuados, sobretudo entre o branco e a madeira natural. Sem maiores rupturas”, conta Fernanda.

 

O mezanino tem dupla função: no dia a dia é um escritório com bancada e uma área de estar composta por TV e poltrona Slow, da Vitra (na Micasa); em dias festivos, é o setor de entretenimento, com uma pick-up de DJ completa. Veja as molduras que foram aplicadas com criatividade. Elas são as obras de arte que se combinam entre si formando uma composição que invade o teto.

O mezanino tem dupla função: no dia a dia é um escritório com bancada e uma área de estar composta por TV e poltrona Slow, da Vitra (na Micasa); em dias festivos, é o setor de entretenimento, com uma pick-up de DJ completa. Veja as molduras que foram aplicadas com criatividade. Elas são as obras de arte que se combinam entre si formando uma composição que invade o teto.

 

Apesar da paleta aparentemente conservadora, fica claro que os moradores têm espírito jovem e descontraído a partir das pinceladas azuis, dos elementos que preenchem os espaços, como a coleção de bonecos e objetos, a estante iluminada que parece atravessar os dois níveis, a escada retorcida na entrada e o inusitado jogo de molduras e fotografias que parece subir por uma das paredes do living e continua até cobrir parte do teto. “Essa solução enfatizou a verticalidade e altura desse canto, convidando as pessoas a contemplá-lo”, arremata a arquiteta.

 

Prática e espaçosa, a cozinha recebeu um toque de aconchego com os armários e o painel amadeirados. A mesinha para dois ao fundo é ideal para lanches rápidos

Prática e espaçosa, a cozinha recebeu um toque de aconchego com os armários e o painel amadeirados. A mesinha para dois ao fundo é ideal para lanches rápidos.

 

No quarto do casal, Fernanda seguiu compondo branco e madeira com o painel atrás da cama. Iluminados, cortineiro, parede e forro de gesso criam um jogo de volumes.

No quarto do casal, Fernanda seguiu compondo branco e madeira com o painel atrás da cama. Iluminados, cortineiro, parede e forro de gesso criam um jogo de volumes.

 

Por Marina Sola
Imagens Demian Golovaty

Matéria Publicada em Revista Decorar 104.

 

Faça o download do app Decorar e tenha acesso à todas as edições!