Projeto simples e funcional

Saiba como vivem os grandes arquitetos
29 de setembro de 2014
Luciana Tomas e Leôncio Pedrosa
1 de outubro de 2014

A arquiteta Cláudia Novaes recorre a soluções descomplicadas, provando como é possível conforto com dimensões reduzidas

Bem resolvido, prático e elegante. Foi com base nesses conceitos que a arquiteta Cláudia Novaes projetou a reforma deste apartamento de 40 metros quadrados com cerca de 20 anos quando foi adquirido pela família. Ele produtor e modelo, ela executiva, mãe de uma menina de quatro anos precisavam de espaço para receber amigos, um quarto de hóspedes e um banheiro social. Para atender com conforto aos moradores, o imóvel de dimensões enxutas necessitava de uma remodelação no layout.“Demoli as paredes que causavam sensação de confinamento”, ressalta Cláudia.

A intervenção mais significativa aconteceu na sala, cozinha e área de serviço. Com a retirada das paredes divisórias, ganhou-se fluidez e amplitude. Realocada e agora aberta, a cozinha recebeu um tampo de mármore integrado à mesa, executada sob medida, um dos maiores trunfos para o ganho de área. O mesmo ambiente agora é separado da área de serviços por portas corrediças. O antigo quarto de empregada também pode ser integrado a estes cômodos, sendo propício à recepção de hóspedes. Apesar de alguns revestimentos mantidos, como o papel de parede do estar, a arquiteta adotou para todos os ambientes o mesmo piso de PVC (Interfloor), recurso que garantiu unidade à nova morada. Para evitar o ofuscamento, a iluminação do estar foi embutida em sanca.

Fotos: Marcelo Magnani.

Toques de amarelo dão unidade ao projeto que, para ganhar espaço no social integrado com a cozinha, previu soluções de marcenaria (Marcenaria M.F. Duarte) para se obter ganho de espaço. Repare que o tampo de mármore acopla um prático armário: de um lado ele tem gavetões para utensílios e do outro para vasilhames. A mesa conectada à bancada é acompanhada por cadeiras da Breton Actual. Os pendentes são da Ipel Iluminação.

Toques de amarelo dão unidade ao projeto Arquiteta optou por soluções descomplicadas

 

O estar recebeu apenas o sofá confortável e o móvel da TV, ambos da Tok&Stok, reaproveitados no projeto, e as faixas de espelho que ampliam o espaço.

O estar recebeu sofá da Tok&Stok e faixas de espelho O móvel da TV, também da Tok&Stok, foi reaproveitado no projeto

A cozinha foi personalizada com mobiliário sob medida (Marcenaria M.F Duarte) e teve a parede revestida de vidro leitoso (Vidro Grande) que junto com o granito trouxe leveza e assepsia.

A parede da cozinha foi revestida com vidro leitoso O granito trouxe leveza e assepsia

 

Claudia Novaes, arquiteta

Claudia Novaes, arquiteta

Matéria publicada na edição 85.