Lazer e Culinária

radar norte – 79
25 de novembro de 2013
Autêntico Décor
20 de dezembro de 2013

luxo norte

 

LAZER
E CULINÁRIA:
as atrações da ZN

 

2_Parque Cantareira_05_06_09_Caio Pimenta.jpg (41)

Cidade à vista

A Pedra Grande é um dos quatro núcleos do Parque Estadual Turístico da Cantareira, uma Unidade de Conservação de Proteção Integral Paulista que faz parte da Serra da Cantareira. Do grande afloramento rochoso de granito, a 1.010 m de altitude, pode-se ter um dos melhores panoramas da cidade e da Serra do Mar. Até o topo são 9,5 km de caminhada na trilha de mesmo nome, onde árvores da Mata Atlântica são identificadas por meio de placas. Ali, também há um pequeno museu, com animais empalhados, tipos de rocha, uma maquete do parque, e o Lago das Carpas. O percurso demora em torno de três horas ida e volta. Pedra Grande • R. do Horto, 1.799 • Tremembé • recanta.org.br

 

1_Grafite_1111_Foto Caio Pimenta_146Arte sob a ponte

As 33 colunas que sustentam o metrô na avenida Cruzeiro do Sul receberam um colorido de mais de 50 artistas, a maioria residente da zona Norte, transformando Santana, que é considerado o berço do grafite, em uma grande galeria ao ar livre: o Museu Aberto de Arte Urbana de São Paulo. O projeto, que iniciou em 2011 e teve curadoria de Chivitz e Binho Ribeiro, foi elaborado a partir da prisão de onze grafiteiros no mesmo local por não possuírem autorização do Metrô. “Na delegacia, rascunhamos o projeto”, lembra Binho. Após a aprovação, a parceria foi firmada com o Metrô, a Secretaria de Estado da Cultura, Paço das Artes e a Galeria Choque Cultural. As obras são trocadas periodicamente.

 

Fetiche feminino

Há 29 anos no mercado, a Jorge Alex é uma loja multimarcas de calçados que busca inovações para atender ao fascínio feminino sobre essa peça de vestuário, a preços acessíveis e equipe atenciosa. A marca tornou-se uma referência no mundo dos sapatos. Jorge Alex • R. Alfredo Pujol, 1.269 • Santana • jorgealex.com.br

 

3_Sítio Morrinhos foto sylvia_masini (2)Retrato da vida rural

O Sítio Morrinhos é um conjunto arquitetônico composto pela casa sede, do século XVIII, por anexos dos séculos XIX e XX, que preservam os traços da vida rural. Originalmente, o conjunto foi residência rural da família Baruel. Em 1902, a área foi levada a leilão e arrematada pelo Mosteiro de São Bento. Por meio de acordo com o Grupo Camargo Corrêa, em 1952, a região foi loteada, nascendo o Jardim São Bento. Em 1952, Sebastião Ferraz de Camargo doou o imóvel para a Prefeitura do Município de São Paulo. Depois de restaurado em 2000, hoje abriga o Centro de Arqueologia de São Paulo. Sítio Morrinhos • Rua Santo Anselmo, 102 • Jardim São Bento • museudacidade.sp.gov.br

 

Morada do Bamba

Para quem gosta de samba, a Mocidade Alegre, com história de mais de 60 anos, tem sua quadra na região. Foi a primeira da cidade a introduzir destaques sobre os carros alegóricos, adereços de mão e alas coreografadas. Mocidade Alegre • Av. Casa Verde, 3.498 • Vila Baruel • mocidadealegre.com.br

 

Ao som de aviões

O Bar Brahma Aeroclube é filial do tradicional bar paulistano no Centro. Instalado em um hangar, no Campo de Marte, tem decoração temática, dois palcos e um deck de onde se pode apreciar os aviões. Boa música faz a casa lotar. Bar Brahma Aeroclube • Av. Olavo Fontoura, 650 • Santana • barbrahmaaeroclube.com

 

Escola de samba

A Rosas de Ouro desenvolve atividades com crianças e idosos ao redor de sua quadra, lançando em 1995 o seu projeto Samba se Aprende na Escola, que visa capacitar o público-alvo, com intuito de contribuir na absorção de valores ligados à cultura do samba. Rosas de Ouro • R. Cel. Euclides Machado, 1.066 • Freguesia do Ó • sociedaderosasdeouro.com.br

 

Provence em cosméticos

Consumidores preocupados com responsabilidade, autenticidade e bem-estar podem contar com a loja da L’Occitane na região. A multinacional de cosméticos busca selecionar ingredientes autênticos e originários da região da Provence e do Mediterrâneo, além da manutenção da diversidade biológica dos ecossistemas e do meio ambiente. L’Occitane • Av. Braz Leme, 2.034 • Santana • br.loccitane.com

 

Atividades democráticas

Com arquitetura assinada por Miguel Juliano, esta unidade do Sesc dispõe de parque aquático, ginásio, salas para cursos, auditórios, exigindo associação para o seu uso. Destaca-se por atrações como exposições, shows, peças de teatro entre outros e o restaurante a preços acessíveis. Sesc • Av. Luiz Dumont Villares, 579 • Santana • sescsp.org.br

 

6_dona dani_escadaArmarinho reeditado

Dona Dani é uma loja para inspirar a criatividade. Estudantes de moda, pequenas confecções, artesões e amantes da costura encontram no espaço de 600 m² um local ideal para pesquisar moda, conhecer e comprar tecidos diferenciados! Essa é a proposta da loja que deixa ao alcance de todos uma ampla variedade de produtos, desde tecidos para o dia a dia até paetês e linha festa. A proposta é reeditar a história das lojas de tecido de varejo, comuns nos anos 60, mas que atualmente quase não existem mais, contando com profissionais que oferecem toda a expertise fashion da empresa e auxiliam os clientes na escolha do modelo ou tecido mais apropriado. Dona Dani • R. Atílio Piffer, 759 • Casa Verde • lojadonadani.com.br

 

5_mocoto_RodrigoOliveira01_HighRes

Filho de peixe….

Rodrigo Oliveira é filho do pernambucano Zé Almeida, e o responsável pela nova fase do Mocotó. Aos 13 anos, ele já ajudava no armazém o pai que não desejava vê-lo trabalhando no balcão de seu boteco. Mas Rodrigo o contrariou e sua comida, hoje,  está conquistando o mundo. Ele estudou gastronomia e complementou sua formação, estagiando com grandes chefs da cidade e visitando restaurantes, mercados e feiras do Nordeste para conhecer a fundo as origens da sua cozinha. Mocotó • Av. Na. Sra. do Loreto, 1.100 • Vila Medeiros • mocoto.com.br

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

4_Frango_Fachada 3

 

 

Boteco de praça

Situado em um casarão do século IXX, no Largo da Matriz, o Frangó, fundado em 1987, atrai clientes da cidade inteira para bebericar cervejas nacionais e importadas – são cerca de 450 rótulos – e degustar a premiada coxinha de frango com catupiry. O ambiente é bucólico e familiar. Frangó • Lgo. da Matriz de Ns. do Ó, 168 • Freguesia do Ó • frangobar.com.br

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Variedade em cerveja

Especializada em cerveja, a Leão da Terra atrai jovens não só pela bebida, mas também pelo espaço que abriga os clientes com conforto. Criada para mostrar a diversidade de tipologias da bebida, a casa tem mais de 150 rótulos. Leão da Terra • Av. Engº. Caetano Álvares, 4.666 • Imirim • leaodaterra.com.br

Nova paisagem

Inaugurado em 2003, o Parque da Juventude mudou a paisagem da Zona Norte. Com projeto do escritório de arquitetura Aflaro & Gasperini, a área de 120 mil m2 que antes abrigava a Casa de Detenção Carandiru, agora é ocupada por um complexo cultural recreativo, dividido em três espaços: Parque Esportivo, Parque Central e Parque Institucional. Lá, é possível praticar esportes, acessar a internet de graça, participar de cursos gratuitos ou curtir a Biblioteca de São Paulo. O local tem ainda um viveiro onde são preparadas mudas e espécies arbóreas originais da Mata Atlântica. Parque da Juventude • Santana • Av. Cruzeiro do Sul, 2.500

A verdadeira esfirra

A Casa Garabed fica escondida em uma ruazinha do bairro. Há mais de 60 anos, assa as melhores esfirras da cidade no forno a lenha que fica à mostra para os clientes. Um dos únicos restaurantes armênios da capital paulista, também oferece outras especialidades. Casa Garabed • Rua José Margarido, 216 • Santana • casagarabed.com.br

 

(matéria publicada na Revista Decorar 80, em Dezembro de 2013)