Morar em LITORAL

Baby_Beef3
Lugar Gastronomia Baby Beef Jardim
24 de abril de 2017
Sao Caetano
Morar em Jardim São Caetano
12 de junho de 2017
litoral

Por Aline Tavares e Silvana Maria Rosso

 

Litoral

Diversidade é a grande atração da ampla costa brasileira: geografia e clima desenham um cenário para cada gosto. Escolha o seu!

 

litoral

 

Com 7.400 quilômetros, a encosta brasileira é uma das mais belas do mundo, graças a sua diversidade. Banhada pelo oceano Atlântico e desenhada por saliências e reentrâncias, atende quem gosta de sol e de praia, além de ser importante economicamente, abrigando as principais capitais e cidades do País e mais de 40% da população.

Para habitação, no quesito desenvolvimento humano, Florianópolis (SC) lidera com 0,847 de IDHM – Índice de Desenvolvimento Humano Municipal. Com 461.524 habitantes, distribui-se entre o continente, a ilha principal e ilhotas circundantes, caracterizando-se pelo clima subtropical úmido e alcançando 28°C no verão. No que se refere às belezas naturais, é repleta de banhados e manguezais. O custo o metro quadrado é em torno de 5.325 reais, conforme o Sindicato Indústria Construção Civil (Sinduscon).

A 83 quilômetros de São Paulo, Santos é outra cidade boa de se morar com IDHM de 0,840. Com  433.153 habitantes, destaca-se pelos 7 quilômetros de praia, bordados pelo maior jardim frontal do mundo. De clima tropical litorâneo úmido, apresenta temperatura média de 25°C. Valorizada por possuir o maior porto da América Latina e pelo processo de revitalização do centro histórico, o custo do metro quadrado sai em torno de 5.378 reais, segundo o Secovi.

Dona de 35 deslumbrantes praias e rica em paisagens, a Cidade Maravilhosa, de clima tropical, é a segunda maior metrópole do Brasil com 6,5 milhões de habitantes e o metro quadrado mais caro, 9 mil reais. Apesar do aquecimento por causa da Copa e das Olimpíadas, o mercado imobiliário apresentou uma queda de 60% em relação a 2014: foram construídas 6.884 unidades em 2015. Além de ser um dos principais centros econômicos e financeiros, o Rio é designado pela Unesco Patrimônio Cultural da Humanidade.

Para os que estão de olho em investimento, Salvador (BA), no Nordeste, ainda é uma pedida. O custo médio do metro quadrado é de 5.215 reais, tendo valorizado 29% nos últimos três anos. Dividida em cidade alta e cidade baixa por causa de seu relevo em escarpa, caracteriza-se pela presença de coqueiros, áreas de dunas e de ventos fortes vindos do mar.

 

Imagem Fernando Maia