Ricardo Rossi propõe aconchego em projeto de estilo contemporâneo

destaque
Casual e aconchegante, La Mozzarella propõe experiência única
6 de julho de 2017
destaque
Tons neutros clareiam o ambiente e direcionam o foco para mobiliário e obras de arte
10 de julho de 2017
destaque

Por Rosana Ferreira

 

Paixão pelo traço

A arquitetura reflete naturalmente a vida de Ricardo Rossi, como mostra esse projeto integrado e contemporâneo

 

Ricardo3

O projeto valoriza a ideia de “sem fronteiras” entre varanda, churrasqueira, living, sala de jantar e sala de almoço. A piscina recebeu pedra asiática hijau verde na parte interna e nas bordas, além de piso externo de mármore travertino romano.

 

A paixão de Ricardo Rossi pela arquitetura surgiu logo cedo, aos 11 anos, quando já sonhava em seguir a carreira. Hoje, com 28 de carreira, mostra que fez a escolha certa, com seus projetos grandiosos de casas, apartamentos, edifícios, condomínios, tanto residenciais como comerciais. Esta casa de 1.539 m² nas imediações do Parque do Ibirapuera é um exemplo e reflete bem o estilo de trabalho do arquiteto: portentoso e integrado ao mesmo que remete ao aconchego e bem viver.

 

Responsável pela transformação completa da residência, cuja obra foi executada pela Lampur Engenharia, Rossi atendeu aos anseios da família, um jovem casal de empresários com três filhos, que queria espaço e conforto para viver a casa em sua plenitude. O casal confiou a tarefa ao arquiteto dando a ele bastante liberdade para criar.

 

“Surgiu um projeto que segue o estilo contemporâneo com toques clássicos”
Ricardo Rossi, arquiteto

 

Ricardo4

O jardim vertical de Alex Hanazaki evoca o frescor da natureza na parte da varanda reservada às mesas para refeições Brentwood e cadeiras Kartell. Ventiladores de teto da Puntoluce.

 

Ricardo5

Na área externa, um bar com churrasqueira ao fundo integra-se à área social e à piscina. Em primeiro plano, blocos de madeira Tora Brasil em torno da mesa de centro executada por Lampur e Construflama, com poltronas e mesas de apoio Kartell. Ao fundo, cozinha Ornare e iluminação Wall Lamps.

 

A casa é dividida em três pavimentos – área social no térreo; quartos no primeiro piso; e garagem e salão de jogos no subsolo. O destaque é a área de convívio, que integra living, varanda, churrasqueira, piscina e jardim. “A integração dos ambientes sempre tem prioridade nos nossos projetos”, descreve.

 

O décor contemporâneo pensado pelo profissional inclui painéis de madeira, tecidos e mobiliário em tons de fendis, beges e marrons, além do preto, para alcançar um ambiente acolhedor. O mobiliário com peças de design italiano e nacional se mistura aos desenhos de Rossi executados por marcenaria e empresas como a Dpot – no caso da mesa de 4 metros e comprimento, no living, revestida de couro e mármore com uma lareira inserida sobre a pedra.

 

Ricardo6

No living, sofá Érea e cinco poltronas da Casual ladeiam a mesa de centro de 4 m de comprimento desenhada pelo arquiteto e executada pela Dpot, com couro preto, mármore bronze Armani e lareiras ecológicas da Construflama inseridas na pedra.Tapete Phenícia.

 

Ricardo2

Ricardo Rossi sempre sonhou em seguir a carreira de arquiteto.

 

Para completar a atmosfera, o projeto luminotécnico resulta em uma iluminação cênica e intimista, com o uso principalmente de ARs 111 e 70, perfeitas inclusive para esculturas e obras de artistas como Andery Neto, Leopoldo Martins e Antonio Spinosa, entre outros. “A iluminação cria contraste entre luzes e sombras para espaços com clima acolhedor, intimista e sofisticado”, explica.

 

O projeto paisagístico assinado por Alex Hanazaki traz para a morada o frescor e a tranquilidade do parque vizinho, com destaque para o pântano à beira da piscina, que pode ser visto de qualquer da área social e de lazer. Um convite ao bem viver.

 

Ricardo1

A “prainha” da piscina em L recebeu quatro espreguiçadeiras Brentwood que convidam ao relaxamento. No entorno, bancos redondos Atrium e mesa de tronco da Tora Brasil. O paisagismo de Alex Hanazaki, juntamente com iluminação Wall Lamps, arrematam o conforto visual.

 

Ricardo7

Na entrada da casa, a escultura de Leopoldo Martins dá as boas-vindas.

 

 

Ricardo8

 

Perfil

Naturalidade: São Paulo

Formação: arquitetura

Onde: Belas Artes São Paulo

Tempo de atividade: 28 anos

Áreas de atuação: arquitetura e design de interiores residencial, comercial, corporativo, religioso, institucional e naval, além de arquitetura de edifícios

Projetos em andamento: residências, templos, edifício residencial, museu, escritório e spa

Estilo: contemporâneo com toques clássicos

Morar bem é: morar feliz, e morar feliz é uma consequência de projetos bem elaborados, que dão prioridade ao conforto e ao bem-estar

Referências que pautam seus projetos: estão no meu dia a dia. Em tudo o que vejo, nas coisas que leio, em viagens e nas informações sobre inovações e soluções que sempre deverão estar atualizadas no dia a dia

Uma obra de arquitetura: Centro Aquático de Londres, de Zaha Hadid

 

 

 

 

 

Imagens Salvadore Busacca,  Phoética Ateliê Fotográfico