Casas da América Latina: Projeto México Valle de Bravo

Léo Shehtman, sinônimo de glamour e ousadia
26 de janeiro de 2016
O equilíbrio entre street art, leveza e elegância
29 de janeiro de 2016

Quente e aconchegante

Casas da América Latina: Projeto México Valle de Bravo

 

Famoso pelas maravilhosas paisagens que o rodeiam, Valle de Bravo, a 156 quilômetros da Cidade do México, no México, foi o local escolhido pela jovem família mexicana para construir a sua casa de veraneio em três pavimentos e 150 m2, implantada em um lote de 1.100 m2, incrustada na montanha. Idealizado pelo escritório Serrano Monjaraz Arquitectos, o projeto em linhas retas e contemporâneas tira partido do telhado inclinado e do abundante uso da madeira para dar o tom montanhês e compor com o concreto aparente e a pedra. Com design limpo, assinado por Isabel Maldonado, nos interiores prevalece o uso de mobiliário contemporâneo e alguns toques rústicos, a pedido dos clientes.

Uma espécie de brise próximo ao telhado facilita a entrada de luz natural no living, acomodado no pavimento intermediário, onde também está a cozinha que também é protegida do excesso de sol com o mesmo recurso. Nesse piso, grandes esquadrias pivotantes fazem a integração com o exterior e o deck que serve de espaço de descanso e de contemplação do grande lago e da paisagem, atendendo uma das prerrogativas dos clientes, que buscaram a região pela natureza e o clima agradável.

 

Projeto Valle de Bravo

 

A declividade acentuada do lote e a paisagem exuberante determinou o projeto com programa funcional e sofisticado, porém sem grandes rebuscamentos, de acordo com o desejo dos proprietários que também queriam espaços amplos e confortáveis. O desafio dos arquitetos foi travar um elegante diálogo com o entorno, driblando o terreno íngreme. Uma das soluções foi a implantar o volume sobre pilotis, de modo a favorecer  a visão para a natureza e não interferir no terreno. No pavimento inferior, uma espécie de galeria, outro estar e dormitórios. E, no superior, uma suíte privativa da casa, dormitórios com amplos terraços e sala íntima com home theater.

A orientação do terreno e sua localização, dentro de uma pequena península da barragem do Valle Bravo, fazem com que a casa se encontre em um microclima temperado. Para aproveitar ao máximo as condicionantes, além das grandes janelas, muros de concreto e pedra. O resultado é uma residência com temperatura fresca durante todo o dia e mais aquecida à noite, bem ao gosto dos moradores que agora desfrutam ao máximo cada canto da casa.

 

O uso da madeira aquece e dá o tom montanhês à casa projetada por Serrano Monjaraz Arquitectos.

O uso da madeira aquece e dá o tom montanhês à casa projetada por Serrano Monjaraz Arquitectos.

 

O living é integrado ao deck graças às portas envidraçadas pivotantes. A parede de pedra delimita a cozinha e contrasta com a madeira.

O living é integrado ao deck graças às portas envidraçadas pivotantes. A parede de pedra delimita a cozinha e contrasta com a madeira.

 

3_Casa L (Valle de bravo) - SMA - AO

No deck, uma cobertura delimita a área de estar que está voltada para o lago. Repare abaixo que a casa foi acomodada de forma a não interferir no terreno.

 

No pavimento inferior, uma galeria entre o home theater e os quartos.

No pavimento inferior, uma galeria entre o home theater e os quartos.

 

 

Por Nádia Fischer
Fotos Naime Navarro
Matéria Publicada em Revista Decorar 89.

 

Faça o download do app Decorar e tenha acesso à todas as edições!