Elegante e atemporal

Tipografia nos edifícios de São Paulo
28 de abril de 2015
Redução de divisórias cria amplo living
15 de julho de 2015

Elegantes e atemporais

Projetos assinados pelas irmãs Cristina Rocha Andrade e Patricia Rocha vêm conquistando os clientes da zona Sul. 

 

Confiança é o segredo para o trabalho em dupla e ainda em família dar tão certo e conquistar tantos clientes na zona Sul de São Paulo. As irmãs Cristina Rocha Andrade e Patricia Rocha não previram que iriam trabalhar juntas. Visitar obras residenciais durante a adolescência com o pai, que ao se aposentar começou a construir casas, ajudou Cris a escolher a profissão. “Com 13 anos já sabia que iria cursar arquitetura, nunca tive dúvida sobre qual carreira seguir”, conta.

Já para Patricia foi o acaso: “A escolha aconteceu logo depois que me formei em educação física. Queria trabalhar com bem estar e qualidade de vida e, de repente, me vi envolvida com decoração de interiores, plantas, tecidos. Foi quando decidi me aprofundar no assunto e estudar design de interiores”.

 

O living reúne jantar com mesa da Breton para oito pessoas, estar e home theater, delimitados pelos próprios móveis

 

Cris estagiou no Instituto Butantan – que frequentou durante a infância e onde fizemos a foto de capa – e no escritório da arquiteta Claudia Pecego Meyer. Ao concluir a faculdade, preferiu trilhar seu próprio caminho. Durante o curso de design de interiores, Pati já fazia plantas e ajudava as amigas a arrumarem suas casas. “Logo que me formei, abri meu primeiro escritório. Pouco tempo depois, eu e a Cris nos juntamos e abrimos a Rocha Andrade Arquitetura”, lembra a mais velha.

Mesmo com o escritório supermovimentado, de onde saíram em torno de 350 projetos residenciais, comerciais, corporativos e imobiliários, elas fazem questão de uma agenda na qual caiba a dedicação à família e que garanta qualidade de vida. Ambas são mães e esposas e trabalham perto de casa. Neste momento, são 18 trabalhos em andamento em uma empresa que conta com 11 colaboradores, além da ajuda no pai, o seu José, nas empreitadas das filhas.

 

No home theater, a textura do papel de parede com mica é um dos destaques

 

Os clientes, segundo elas, são pessoas que valorizam o bem viver, o conforto, o design e procuram um projeto que expresse seu estilo de vida. Para agradar a todos, elas usam e abusam de linhas retas e limpas, “pois são atemporais”, dizem. Outra regra é partir sempre da base neutra. Depois, as cores são pontualmente inseridas na composição. Um exemplo é este apartamento de 280 m2, no Panamby, apresentado em primeira mão pelas profissionais. Um casal com três filhos adolescentes contratou o Rocha Andrade para personalizar o novo lar.

O imóvel, recém-construído, recebeu acabamentos em quase todos os ambientes, exceto nos banheiros revestidos durante a obra. Branco, cinza e preto são os tons de fundo adotados em todo o projeto. As pinceladas de cores surgem discretamente nos acessórios, tecidos e alguns móveis chave. A marcenaria foi toda detalhada pelo escritório. Resultado: um apartamento elegante que comporta a família com muito aconchego!

 

A varanda é integrada com o living e a cozinha

 

Integrado através do piso de porcelanato, o living reúne jantar com mesa da Breton para oito pessoas, estar e home theater, delimitados pelos próprios móveis. Na parede ao fundo, o espelho bisotado (Arquevidros) amplia e clareia o espaço. As almofadas Christian Lacroix sobre o sofá da Bretnwood dão toques de cor no ambiente.

No home theater, a textura do papel de parede com mica (Wallpaper/Vitrine) destaca-se em contraposição ao painel de madeira laqueada branca. Veja que o aparador segmenta o espaço do estar. O outro sofá da Brentwood, revestido de linho, compõe com elegância com o par de poltronas estofadas de seda na cor uva.

 

A cozinha em preto e branco tem espaço para as refeições

 

A varanda é integrada com o living e a cozinha. Aqui a proposta segue um estilo mais rústico, predominando madeira e objetos orientais. É um local de bastante uso, por isso, foi prevista a tela solar (Vitrine) para deixar o espaço fresco nos dias de muito sol. A cozinha em preto e branco tem espaço para as refeições. A parede de tiras de porcelanato quebra a hegemonia das cores e compõe com a ampla bancada de granito e a marcenaria (Modilon).

Amplo e confortável, com 30 m², o quarto de casal tem espaço para todas as atividades. Em vez de uma parede que isola o closet, os armários estão nas duas pontas do quarto, um para a mulher e outro para o marido. Ao lado da cama, a escrivaninha une-se ao criado-mudo. Em frente à cama, mais marcenaria: para ficar mais leve, o painel laqueado não chega até o teto; e a bancada funciona como uma penteadeira. Piso de madeira da Indusparquet.

 

Amplo, o quarto de casal tem espaço para todas as atividades

 

Quarto do casal

 

PERFIL

Naturalidade: paulistanas
Formação: design de interiores e arquitetura, ambas no Centro Universitário Belas Artes de São Paulo (2002 e 2000)
Tempo de atividade: 12 anos e 14 anos
Áreas de atuação: arquitetura de interiores
Regiões em que mais atuam: Sul
Morar bem é: é chegar em casa e se sentir feliz
Bom design é: elegante, funcional e bonito
Luxo é: morar bem!
O cliente ideal é: o que respeita o projeto, o profissional
Estilo que adota: caracterizado por base neutra, em tons de cinza ou bege; linhas retas e limpas, mescladas a texturas, acabamentos e materiais e pinceladas de cores
Um mobiliário: chaise longue Rio, de Oscar Niemeyer
Uma obra de arte: temos apreciado as obras do Vik Muniz
Um revestimento: couro na parede
Uma obra de arquitetura: Instituto do Mundo Árabe, de Jean Nouvel em Paris
Um ícone de São Paulo: Masp

 

 

Por Nadia Fischer
Imagens Ricardo Breda e Evelyn Muller
Matéria Publicada em Revista Decorar 88

 

Faça o download do app Decorar e tenha acesso à todas as edições!