A reforma reestruturou a distribuição dos ambientes, que foram personalizados com novos acabamentos

Radar Sul
12 de junho de 2017
Capa Patrícia Duarte investe em revestimentos diferenciados para dar personalidade ao projeto
15 de junho de 2017

Por Silvana Maria Rosso

 

Layout fluido

Com novo projeto, casa ganha ritmo e espaço para curtir e receber amigos

 

projeto1

Depois da reforma, o living integrou-se à varanda, ganhou marcenaria sob medida com nichos para os complementos (Archiforma) e para os equipamentos do home theater. No piso, réguas ecológicas de cumarú. Repare sobre o rack, o trabalho de gesso que regularizou a viga e embute a iluminação.

 

Com 335 m² de área construída e dois pavimentos, a casa era muito compartimentada com revestimentos simples. Uma viga entre a sala e o hall era um divisor que limitante. O design de interiores exigia criatividade e soluções elaboradas por um profissional. Os proprietários – um casal, ela servidora pública e ele engenheiro –, que haviam recém-adquirido o imóvel, desejavam um espaço social amplo e a cozinha maior com área gourmet. Ele necessitava de infraestrutura para levar mais conforto e qualidade de som para o home theater. Assim, procuraram o escritório Arquitetura 8, dos arquitetos Ana Spagnuolo e Marcos Ribeiro, para que desenvolvesse um projeto com ideia inovadoras e funcionais. Com relação à decoração, eles solicitaram cores neutras, nada de tons agressivos e que se tornassem enjoativos com o tempo. “Nos deixaram à vontade para especificar os produtos adequados ao projeto”, dizem Ana e Marcos.

 

projeto2

O living é subdividido pelo posicionamento do mobiliário (Breton) e pelas colunas. Veja à esquerda o biombo de
elementos vazados que forma o novo hall de entrada. Uma sanca à direita distribui a iluminação assim como as caixas do home theater e disfarça o ar-condicionado (STR).

 

 

Para unificar o layout do térreo e criar o novo hall de entrada, o lavabo foi demolido cedendo lugar para um biombo, erguido com elementos vazados (Castelatto/Mais Revestimentos). Ali, a sanca de gesso que imita um pergolado com iluminação indireta, dá o diferencial à entrada. A ampla área social surgiu da demolição das alvenarias que separavam a sala de TV da sacada. Para unificar living com o corredor e suavizar o dente deixado pela viga, a proposta recorreu ao trabalho de gesso. O projeto também ampliou a cozinha, conectando-a com o antigo hall de entrada e a pequena área de serviço. Surgindo um balcão gourmet. Já no pavimento superior unificou-se o circulação íntima com uma suíte central para criar o closet generoso, que era o sonho dela. Os arquitetos previram banheiros independentes para a dupla que também tinha o desejo de um espaço amplo para equipar a futura academia.

 

projeto3

A cozinha recebeu uma bancada em L de quartzostone (Vezzaro Mármores) que reúne as áreas de cocção, de preparação e de refeição. Ao fundo um armário vence a arquitetura orgânica e organiza uma parte dos eletrodomésticas.

 

Para completar a adaptação do imóvel, o planejamento previu a troca das esquadrias de madeira por modelos de alumínio anodizado branco (Phenestral), assim como a substituição de todos os revestimentos. As novas opções privilegiaram a praticidade na limpeza com manutenção quase zero. O projeto luminotécnico foi executado pelos arquitetos, proporcionando cenário para cada tipo de momento, como festas, assistir TV ou dar um clima romântico. A proposta de interiores lançou mão da marcenaria sob medida. “O motivo de nossa escolha é simples, pudemos criar um móvel de acordo com as necessidades dos clientes e com um design diferenciado e sofisticado, proporcionando conforto e comodidade aos ambientes”, explicam.

 

A reforma reestruturou a distribuição dos ambientes,
que foram personalizados com novos acabamentos

 

projeto4

O escritório também foi executado em marcenaria. O destaque fica para o contraste entre o preto e o amarelo, transmitindo um clima contemporâneo ao ambiente.

 

“Um projeto de gesso e de luminotécnica interage
com os ambientes e valoriza a decoração”

Ana Spagnuolo e Marcos Ribeiro, arquitetos da Arquitetura 8

 

projeto5

Na suíte, o trabalho de gesso leva mais aconchego e destaca o revestimento Caravagio (Beare Decor). A cabeceira é de fibra. E para proteger as aberturas acima da cama, foram instaladas cortinas Duette Classic. Já na janela modelo com prega macho em tecido também da Beare.

 

 

 

Imagens J. Vilhora

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *