Sobre o piso e a persiana (Alamanda) brancos, o sofá (A Especialista) compôs um ambiente sofisticado com pinceladas de preto, prata e bege. Tapete, da Parzyryk, garden seat, da Archiforma, e pendentes, da Irie.

Sobre o piso e a persiana (Alamanda) brancos, o sofá (A Especialista) compôs um ambiente sofisticado com pinceladas de preto, prata e bege. Tapete, da Parzyryk, garden seat, da Archiforma, e pendentes, da Irie.

O casal de empresários, jovem, moderno e elegante, adora ficar em casa e receber amigos, por isso adquiriu um imóvel novo que pudesse ser adaptado aos seus desejos e necessidades. O apartamento com 210 m2 em Moema recebeu projeto de interiores realizado pela arquiteta Sandra Croppo. Indicada por amigos do casal, ela reformulou o layout original propiciando maior conexão entre os ambientes sociais e a cozinha. “Eles desejavam o living integrado às áreas de estar, home theater e jantar, a fim de proporcionar maior funcionalidade, conforto e bem estar”, explica as modificações.

 Deste ângulo, é possível conferir a integração dos espaços sociais que perderam esquadrias formando um ambiente amplo e conectado, mas delimitados pelo piso, pelos tapete e pelos móveis.


Deste ângulo, é possível conferir a integração dos espaços sociais que perderam esquadrias formando um ambiente amplo e conectado, mas delimitados pelo piso, pelos tapete e pelos móveis.

A principal intervenção foi a retirada de esquadrias da cozinha e do living e o nivelamento do pisos para integrar todos os ambientes. Além disso, a realocação de algumas áreas foi fundamental para garantir a fluidez dos ambientes. “O imóvel era novo, porém se encontrava com a diagramação standard da construtora. Por isso, o projeto reformulou a distribuição do social, que se deslocou totalmente da proposta original da planta”, conta. Sofisticação foi uma das prioridades do design. No entanto, a proposta valorizou funcionalidade e conforto, o que pode ser constatado em móveis de boas marcas mesclados com marcenaria.

O living integra estar e home theater, sendo separados pela disposição dos móveis. O painel de TV (Bontempo) em madeira compõe com o piso. Repare no desenho do rack que deixa espaço para caixa de som e um baú que acondiciona pertences. O espelho amplia e clareia o espaço. Sistema de áudio e vídeo, da Innovation by Antares

O living integra estar e home theater, sendo separados pela disposição dos móveis. O painel de TV (Bontempo) em madeira compõe com o piso. Repare no desenho do rack que deixa espaço para caixa de som e um baú que acondiciona pertences. O espelho amplia e clareia o espaço. Sistema de áudio e vídeo, da Innovation by Antares

Tonalidades sóbrias, preferência dos clientes, foram utilizados como base de todos os ambientes, de forma a uma harmonizar a linguagem do projeto. Piso e parede receberam materiais nobres e de fácil limpeza, como porcelanato texturizado, granito e mármore. A elegância também se calcou por meio dos objetos decorativos e da tapeçaria, presentes em todos os ambientes.

Na área da churrasqueira (Bella Telha) e em um pedaço da cozinha localiza-se a sala de jantar composta por mesa de vidro e cadeiras estofadas. Em marcenaria, o bar é todo preto e se contrapõe à parede em relevo. O lustre da Irie completa com iluminação inteligente e econômica.

Na área da churrasqueira (Bella Telha) e em um pedaço da cozinha localiza-se a sala de jantar composta por mesa de vidro e cadeiras estofadas. Em marcenaria, o bar é todo preto e se contrapõe à parede em relevo. O lustre da Irie completa com iluminação inteligente e econômica.

Como revestimento, couro, camurça, chenille e linho foram os eleitos. “Para mim, tecidos precisam apresentar textura de forma a transmitir conforto e propiciar funcionalidade, para que possam ser bem aproveitados. Sempre buscando o melhor equilíbrio da composição do conjunto”, diz Sandra.

Veja que a cozinha agora sem portas está totalmente ligada ao jantar. Nas partes secas, o projeto recorreu ao papel de parede para dar um ar divertido, assim como a instalação de talheres gigantes. A marcenaria (Bontempo) foi distribuída em U para ocupar racionalmente o espaço.

Veja que a cozinha agora sem portas está totalmente ligada ao jantar. Nas partes secas, o projeto recorreu ao papel de parede para dar um ar divertido, assim como a instalação de talheres gigantes. A marcenaria (Bontempo) foi distribuída em U para ocupar racionalmente o espaço.

Como iluminação, Sandra Croppo optou pelo LED, em busca de economia, durabilidade e conforto térmico. Também aproveitou recursos de automação, criando diversos cenários – isso aliado a um living predominantemente claro, que traz melhor aproveitamento da luz natural. Arrematando o projeto, o aquário localizado próximo a uma queda d’água completa a cena. Pensando em praticidade, a arquiteta criou um sistema de escoamento ligado a rede hidráulica original da edificação.

Sóbrio e simétrico, o quarto recebeu cabeceira com iluminação embutida, forro de gesso (Damazio) e fartas cortinas. Sobre os criados, em vez de abajures dois pendentes da Irie que ocupam menos espaço e dão graça ao ambiente.

Sóbrio e simétrico, o quarto recebeu cabeceira com iluminação embutida, forro de gesso (Damazio) e fartas cortinas. Sobre os criados, em vez de abajures dois pendentes da Irie que ocupam menos espaço e dão graça ao ambiente.

 

FOTOS J. Vilhora

 

Revista Decorar

Autor: Revista Decorar

Compartilhe

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *